quinta-feira, 19 de abril de 2018

RN é o sétimo do país em maior percentual de municípios que ainda usam lixão

Lixões são destinos de resíduos sólidos de quase a metade dos municípios do RN.
Boa parte dos municípios do Rio Grande do Norte destinam para os lixões os resíduos sólidos produzidos neles. Levantamento feito pelo Ministério das Cidades e divulgado nesta quarta-feira, (18), apontou que 39,5% dos municípios do Estado dão essa destinação para seu lixo. Esse, inclusive, é o 7º maior percentual do Brasil e o 4º da região Nordeste. E, detalhe: 46,1% dos potiguares nem mesmo enviaram informações sobre o destino dos seus resíduos sólidos.
Os dados do Ministério das Cidades têm o objetivo de acompanhar a evolução das metas do Plano Nacional de Saneamento Básico, o PLANSAB, aprovado em 2013. E no caso do Rio Grande do Norte, apenas 9% de todo o lixo produzido vai para um aterro sanitário e só 5,4%, para um aterro controlado. Sobre essa destinação adequada, porém, os potiguares só perdem, no Nordeste, para Pernambuco.
É importante esclarecer que o levantamento é incompleto. Dos mais de 5 mil municípios do País, apenas 3.627 declararam a destinação final dos seus resíduos. Desse total, 1.166 disseram enviar seus resíduos domiciliares para lixões; 659 para aterros controlados; e 1.802 para aterros sanitários. Nessa situação, estima-se entre 2.600 a 2.700 a quantidade de pequenos municípios brasileiros, ou 48% do total, que ainda enviam seus resíduos domiciliares para lixões.
Além disso, muito provavelmente há de se somar mais um conjunto de “pequenos lixões” existentes em distritos ou povoados distantes das sedes municipais ou sem condições de acesso espalhados no País e não contabilizados pelos informantes, além de lixões que, embora não estejam em operação, ainda não foram recuperados, configurando mais um passivo ambiental.
Em outro levantamento, divulgado pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), divulgado no ano passado, o Rio Grande do Norte possuía 155 lixões e vazadouros ainda em operação. Esse número, inclusive, se contrapunha a meta de encerrar os lixões até 2014, como disposto na Política Nacional de Resíduos Sólidos, prevista na Lei Federal número 12.305/2010.
No caso de Natal, a capital do Estado, são produzidos cerca de 850 toneladas de lixo por dia, em média. E o município paga mais de R$ 2 milhões para operar a estação de transbordo em Cidade nova e utilizar o aterro sanitário de Ceará-Mirim. Por sinal, apenas em Ceará-Mirim e em Mossoró existem aterros sanitários.
Fonte: AGORA RN

domingo, 15 de abril de 2018

Alimentos que nenhum ser humano deveria ingerir – por Victor Sorrentino

Victor Sorrentino é médico, escritor e palestrante. Todos os dias, em sua página oficial, ele traz diversas dicas de alimentação e hábitos de vida saudáveis, de modo que se tornou um dos médicos e palestrantes mais queridos da internet.
Abaixo, uma de suas publicações que mais bombaram nos últimos dias, trazendo dicas preciosas sobe o alimentos que devemos descartar de nossas vidas.
“Fiz uma listinha dos alimentos que NÃO recomendo a nenhum ser humano ingerir. Espero que seja útil!
1. NUGGETS: se você imagina que está comendo peito de franco a milanesa, fique sabendo que esse alimento é feito de pasta de franco adornadas por proteínas vegetais, amido de milho ou farinhas e goma. E que No Brasil, a lei exige que os nuggets sejam compostos de no mínimo 10% de proteína e de no máximo 30% de carboidratos. Além de pré frito em óleo vegetal e adicionado uma montanha de químicos para dar a liga como Guar, Xantana C35H49O29, Ácido ascórbico (ou derivados), Tripolifosfato de sódio Na5P3O10.
2. MIOJO: macarrão instantâneo é pré-cozido e pré-frito em gordura vegetal antes de ser embalado. O tempero é o campeão de glutamato monossódico e inosinato dissódico, substâncias químicas realçadoras de sabor que são altamente tóxicas e inflamatórias.
3. SALSICHAS E PEITO DE PERU: a proteína de alimentos embutidos talvez não faça sentido algum diante da carga química presente nesses alimentos. Geralmente possuem doses altíssimas de nitritos e nitratos que são altamente cancerígenos. Não se enganem, não há nada light em peito de chester light, o negócio é química pesada mesmo.
4. MARGARINA: pela milionésima vez, margarina nem chega a ser comida, é uma substancia comestível inventada pela industria para substituir a manteiga que tem o processo de fabricação mais caro e trabalhoso. Troque a margarina por manteiga, por favor!!!
5. FARINHA LÁCTEA: farinha de trigo + açúcares + conservantes. Vai dar isso para seu filho por que?
6. BOLACHA RECHEADA: farinha + gordura hidrogenada + açúcar: tudo isso vicia e muito! Já postei aqui sobre esse lamentável alimento que muitas famílias deixam à disposição das crianças diariamente. Veneno puro. Ah, bolacha maisena, água e sal, maria, clubsocial, tudo péssimo para a saúde de qualquer pessoa.
7. REFRIGERANTES E SUCO DE CAIXINHA: pra quem não sabe, um faz tão mal quanto o outro. Refrigerante, pela quantidade de glicose estratosférica em líquido e suco, pela quantidade de frutose e outros aditivos, fora a pasteurização que leva embora qualquer resquício de nutriente da fruta.
8. CEREAIS AÇUCARADOS: flocos de milho transgênico lavados em xarope de frutose e cobertos por açúcar refinado e adicionados de corantes coloridos e conservantes diversos. Quem precisa disso e ainda acha que é comida leve e saudável?
9. REQUEIJÃO (ATÉ O LIGHT): Me dei o trabalho de copiar os ingredientes do requeijão industrializado, bem diferente do creme de queijo que pode ser feito em casa e que levaria leite, creme de leite ou manteiga, e vinagre. Se o leite for orgânico e não de caixinha, a receita pode ser saudável. Mas vamos aos componentes do requeijão do mercado:
Leite desnatado/integral, creme de leite, manteiga, cloreto de sódio(sal), fermento lácteo, estabilizantes difosfato dissódico e fosfato trissódico e conservadores ácido sórbico e nisina, estabilizante polifosfato de sódio (INS 452), corante dióxido de potássio (INS 202), leite padronizado reconstituído, caseinato de cálcio, pirofosfato de sódio e pirofosfato ácido de sódio, regulador de acidez ácido láctico, conservador sorbato de potássio, agente de firmeza cloreto de cálcio, regulador de acidez ortofosfato de sódio, coalho. Preciso dizer mais?
10. BARRINHA DE CEREAL: A maioria delas são ricas em açúcar e sódio e os cereais de baixa significância nutricional. É o maior engodo do mercado de alimentos dos últimos anos, pois muita gente pensa que está comendo algo super saudável!
Bem, acima estão apenas citados FATOS!! A decisão por colocar esses “produtos alimentícios” (que nem dá para chamar de comida) no seu carrinho será sempre SUA, assim como as CONSEQUÊNCIAS de tal ato também serão só suas (ou de seus filhos, caso seja o responsável por suas compras).
Meu papel é INFORMAR sobre o que existe de melhor e também de PIOR para a sua saúde. O que cada um fará com essa informação está fora de minha alçada, embora deseje do fundo do meu coração que todos alcancem uma vida mais plena, saudável e longe de doenças.
Seu futuro está em suas mãos, e de mais ninguém.
Por Revista Pazes

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Candidatos ao Enem têm até domingo(15) para pedir isenção da taxa de inscrição

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) espera que cerca de 4 milhões de pessoas peçam a isenção da taxa neste ano de 2018.
Termina no próximo domingo(15), o prazo para os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pedirem a isenção da taxa de inscrição da prova. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) espera que cerca de 4 milhões de pessoas peçam a isenção da taxa neste ano.
Em 2018, o Enem completa 20 anos e pela primeira vez o pedido de isenção da taxa é feito antes do período de inscrição. Também pela primeira vez, os candidatos que tiveram a isenção no ano passado e faltaram aos dois dias de prova terão que justificar a ausência para ter a gratuidade novamente.
Se a solicitação de isenção for negada, ainda é possível recorrer da decisão, na Página do Participante, entre os dias 23 e 29 de abril. A aprovação da isenção da taxa de inscrição não significa que o participante já está inscrito no Enem 2018. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano, pelo site do Enem.
Quem tem direito à isenção
  • Quem está cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública
  • Quem cursou todo o ensino médio em escola da rede pública, ou como bolsista integral na rede privada, e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio
  • Quem declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)
  • Quem fez o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado, que tenha atingido a nota mínima.
Fonte: AGORA RN

sexta-feira, 9 de março de 2018

REFLEXÃO!

Urna eletrônica ainda não garante 100% de segurança; entenda

De tempos em tempos, o TSE lança um edital e qualquer pessoa pode se inscrever para testar as urnas.
Cerca de 144 milhões de brasileiros devem ir às urnas este ano para eleger governadores e o novo presidente do país. Desde 1996, por aqui, a gente usa a urna eletrônica para votar. E desde sempre, a segurança dos equipamentos – física e digital – sempre foi uma grande preocupação do Tribunal Superior Eleitoral, dos candidatos e, claro, do próprio eleitor. A urna evoluiu muito, mas mesmo depois de 22 anos, no último teste público de segurança das urnas eletrônicas, especialistas conseguiram identificar falhas e conseguiram realizar ataques aos equipamentos.
De tempos em tempos, o TSE lança um edital e qualquer pessoa pode se inscrever para testar as urnas; seja de forma autônoma ou ligada a alguma instituição acadêmica. O processo consiste de duas etapas: na primeira, os participantes têm acesso ao código fonte da urna, presencialmente, em Brasília. Em uma segunda fase, as equipes enviam um plano de testes; os possíveis ataques que pretendem fazer para identificar vulnerabilidade nos equipamentos.
O tipo de ataque só foi possível com acesso físico às urnas, afinal, por motivos de segurança, nenhuma delas é conectada à internet. O grupo então conseguiu modificar o software e mexer em arquivos embarcados no cartão de memória que configura as urnas – o que é feito manualmente em cada urna e, sim, parece uma etapa bastante frágil do processo.
A partir da forma de ataque descoberta, o grupo de especialistas conseguiu infectar a urna eletrônica de diferentes formas. A primeira vulnerabilidade descoberta foi a possibilidade de quebrar o sigilo dos votos. Ao alterar uma biblioteca criptográfica que embaralhava a ordem dos votos, era possível colocá-la em ordem novamente e, assim, descobrir o voto de cada pessoa. Em outra forma de ataque, alterando uma única linha do código fonte da urna, foi possível exibir uma mensagem de boca de urna no equipamento. E, em uma invasão um pouco mais complexa, foi possível inclusive computar todos os votos válidos para um único candidato. Após os alertas, o TSE disse que corrigiu todos os problemas…
A principal crítica de quem participa desses testes públicos é que o TSE sempre insistiu em deixar o código fonte das urnas mais fechado e difícil de ser invadido. Em 22 anos, não foi suficiente. A novidade é que agora o Tribunal Superior Eleitoral está investindo em outros mecanismos de independência do software como, por exemplo, um comprovante impresso em papel dentro da própria urna eletrônica. Este ano, cerca de 30 mil das 500 mil urnas utilizadas na eleição terão o voto impresso para possível conferência.
Fonte: Olhar Digital

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Programação do Carnaval 2018 no Povoado Santo Antônio!



CARNACOBRA 2018
Sábado: (10/02)
16:00 h- Doido Elétrico (Orquestra Sig no frevo)
20:30 h - Parcelio e Paulinho e Banda
23:00 h - Banda Farra da Pegação 
Domingo: (11/02)
12:00 h - Parque dos Dinossauros Banda 2 e após, às 15:30 h - Arrastão até o povoado com Paredão Sonic (Artuzinho)
17:00 h - Grupo Afrorregueiros
20:30 h - Cleyton Pinheiro e Banda
23:00 h - Saulo Farra e Banda
Segunda-feira: (12/02)
12:00 h - Parque dos Dinossauros - Duda Lima e Banda
17:00 h - Fofo Chicleteiro e Banda
20:30 h - (Orquestra Sig no frevo)
23:00h- Nara Castro e Banda
Terça-feira: (13/02)
12:00 h - Parque dos Dinossauros Banda 2
15:00 h - Jotinha Nery
18:00 h - Deton Sena e Orquestra de Frevo
20:30h- Banda 2
23:00 h - Yuri e Suenia Monteiro e Banda

Carnaval na cobra o maior e melhor carnaval rural do Brasil. Apoio de parceiros e amigos